Homens X Mulheres

Na verdade penso que o título deveria ser HOMEM e MULHER, porém o que percebo no dia a dia de meus atendimentos, é que virou uma concorrência entre os gêneros.

Com o crescimento e liberdade da mulher no mercado de trabalho, na política, nas funções “ditas” para homens, alguns destes não sabem ou não conseguem aceitar essas mudanças.

Uma mulher decidida, que sabe o que quer, aonde quer chegar e depende absolutamente de ninguém para fazer isso, assusta muito homens, ditos cabra macho.

Nem sempre eles conseguem entender que essa é uma das melhores companheiras que poderiam encontrar.

Temos 5 motivos pelos quais os homens tem medo de mulheres independentes

1 – São orgulhosos

Os homens, na maioria das vezes, não admitem que as mulheres sejam “melhores” que eles. Esse é um pensamento altamente machista e preconceituoso. Tanto da parte deles quanto delas. Uma mulher independente não é melhor, apenas igual.

2 – Inseguros

Muitos desses homens não acreditam ser possível se envolver com uma mulher bem sucedida. Isso porque acham que o “espaço” de cada um não será respeitado. A insegurança faz com que eles percam a vontade de se envolverem com mulheres decididas e confiantes.

3 – Se sentem intimidados

As mulheres fortes incomodam. São pessoas que possuem argumentos, não abaixam a cabeça para qualquer um, por qualquer coisa. Essas características fazem com que os homens se sintam apavorados. Pois não terão total controle da situação.

4 – São preconceituosos

Os homens mostram que são realmente preconceituosos quando estão frente a frente com uma mulher poderosa. Além dos envios de opiniões antiquadas, mudam completamente seu comportamento, começando pelas atitudes, muitas vezes infantizadas.

5 – Acreditam que não tem função

Quando se trata de uma relação a dois, o próprio termo diz “a dois”, quer dizer que deveria ser algo compartilhado, divido. E muitos homens levam isso à risca, mas de uma maneira equivocada. Quando estão com uma mulher poderosa, acham que não tem função alguma na relação, de que não são provedores de nada.

Acredito que o casal deva deixar o orgulho de lado e reconhecer as qualidades do cônjuge, deixando a função para aquele que tiver mais aptidão e nunca se sentir inferior por isso.

Abrir mãos do orgulho e viver intensamente e em paz ainda é a melhor opção.